pesquisa Tag

Live do Humans Can Fly “Os 4 Paradigmas do Mundo Novo” com Sabina Deweik e Luah Galvão

LIVE DO HUMANS CAN FLY (23/10/2018) “Os 4 Paradigmas do Mundo Novo – conheça as macrotendências que já começaram impactar sua vida pessoal e profissional.”

Olhar para o futuro já não é mais coisa só de futurólogo. O mundo veloz, líquido, em constante transformação e tantos desafios, exige adaptabilidade, flexibilidade e rapidez de resposta ao novo.

As macromudanças hoje já são fato, e as transformações nas mais diversas áreas são exponenciais. Nos próximos 100 anos vamos produzir mais conhecimento do que nos últimos 1000. Como nós, seres humanos, ficamos diante de tantas mudanças?!

Vamos bater um papo sobre as grandes forças que estão norteando a sociedade e o mercado?

As humanizadoras Sabina Deweik e Luah Galvão trazem uma visão de futuro à partir de 4 Paradigmas que delineiam o Mundo Novo. Esse é um estudo feito pela Future Concept Lab de Milão, empresa de pesquisa e tendências na qual a Sabina já foi sócia no Brasil.

Quando nos sintonizamos, conhecemos e compreendemos as diretrizes do futuro que começa agora, mais fácil nossa adaptação, não só no campo pessoal como profissional.

Contamos com sua participação trazendo perguntas e comentários.

Vamos juntos cocriar um futuro mais humano e com mais propósito! Vem voar com a gente!

QUER PARTICIPAR? É super fácil, basta acessar a página do Humans Can Fly no Facebook no dia 23 de Outubro as 19h30! A live será gratuita J Vai ser muito bom ter você por lá!

 

Já Pensou em ser em Cool Hunter?

Confira a matéria no blog Café com Galo com entrevista da cool hunter Sabina Deweik:

Ser um coolhunter é trabalhar com a futurologia, com a antecipação de tendências, com a leitura da sociedade e seus novos desejos, comportamentos e hábitos.

O coolhunter precisa ter e trabalhar com o pensamento antecipado e não linear. Tem que buscar inspirações nos mais diversos universos e usar a sua intuição e sensibilidade para processar as informações e conseguir prever/ditar algo que vai viralizar e ser tendência.

Já pensou em ser um Coolhunter?

 

Workshop de Cool Hunting como Ferramenta de Inovação para O Boticario

Como estimulara inovação nas equipes? Qual o papel da pesquisa de tendências e comportamentos? Várias equipes do Grupo O Boticario resolveram experimentar o processo de caçar tendências com o Workshop promovido por Sabina Deweik, Cool Hunting como Ferramenta de Inovação nos dias 17 e 18 de julho de 2018.

As novas tendências em hair e skin care, a metodologia de cool hunting, um safari urbano especialmente preparado para o time e no final mão na massa para experimentar na prática como trazer insights para o futuro através da observação de novos comportamentos.

 

Workshop Cool Hunting – 20 e 21 de Maio de 2017

Workshop de Cool Hunting Como Ferramenta de Inovação.

Dias 20 e 21 de maio de 2017 das 9 às 17 hs no Espaço Fonte de Ideias

O WORKSHOP:

Com a rapidez das informações, cada vez mais empresas e marcas procuram entender e criar estratégias para atuar com sucesso no presente e no futuro – próximo ou longínquo. Com isso, surge a necessidade das empresas em entender alguns sinais que anunciam o que está por vir e saber como interpretá-los e utilizá-los, no desenvolvimento de novos produtos ou serviços. O chamado cool hunter, profissional treinado para captar tendências e novos comportamentos, é considerado hoje uma antena sensível, capaz de indicar novos desejos do consumidor, estilos de vida, anseios e valores, facilitando as empresas no seu posicionamento para antecipar tendências futuras.

Trabalhando há mais de 17 anos como pesquisadora de comportamento, também como diretora no Brasil do instituto de pesquisas de tendências de consumo Future Concept Lab, com sede em Milão, Itália, o workshop é oportunidade de compartilhar a ferramenta de observação dos sinais emergntes da sociedade no intuito de se antecipar à inovação.

Alguns clientes como Illy Caffe, Alessi, Veuve Clicquot, TIM, Ferrero Rocher, H. Stern, Havaianas, Petrobras, Grendene, Fiat, Natura, Unilever, BB Mapfre, entre outros, já experimentaram projetos nesta direção.

OBJETIVOS

– Capacitar o participante a desenvolver o espírito de observação e percepção aplicado a temas de mercado;

– Aprender a metodologia de pesquisa e análise de tendências, transmitindo uma visão ampla do assunto e contexto mercadológico onde as mesmas se aplicam;

– Habilitar o participante à compreensão de lacunas de mercado, de novas oportunidades, de possibilidades de criação de novos produtos, canais de comunicação, varejo ou códigos estéticos em distintas áreas.

METODOLOGIA

A primeira aula será dedicada a uma apresentação conceitual e teórica sobre a metodologia de cool hunting voltada para a inovação. O curso prevê uma saída de campo, o Safari Urbano, para captação de sinais e comportamentos. A última parte do curso é dedicada ao briefing para realização de projetos utilizando a ferramenta do cool hunting.

PROGRAMAÇÃO

20/05

das 9h às 14h – Conceitos e metodologia de Cool Hunting;
das 14h às 17h – Safari Urbano na Vila Madalena

21/05

Das 9h às 17h – Teoria da interpretação dos dados e organização das imagens em clusters. Montagem do projeto final e Apresentação dos projetos;

INFORMAÇÕES

Público-alvo: Empresários e estudantes da área de marketing, comunicação, publicidade, desenvolvimento de produto, planejamento, inovação, consumer insights, criação, varejo, pesquisa, inovação, designers e empreendedores.

Carga Horária: 16 horas

Datas: 20 e 21 de maio das 9h às 17hs

Local: Espaço Fonte de Ideias – Rua Fradique Coutinho, 1430 – Vila Madalena

O investimento para o workshop é de R$ 800, 00

Workshop Cool Hunting dias 20 e 21 de Maio de 2017

Workshop Cool Hunting dias 20 e 21 de Maio de 2017

Para confirmar sua inscrição mandar o comprovante para: sabina@sabinadeweik.com.br

À Caça de Novidades

Tudo o que a gente usa, consome e vê por aí, desde o tecido do sapato até o corte de cabelo, passando pela maneira de servir nos restaurantes e as intervenções artísticas nas ruas, cruzou nosso caminho por algum motivo. Se algo é considerado tendência ou inovação, certamente não foi à toa, e passou por um processo elaborado, envolvendo muitas pessoas, até chegar às nossas mãos. Por trás de tudo isso estão os profissionais chamados de coolhunters ou caçadores de tendências. Nesta entrevista, Sabina Deweik conta como desenvolveu sua carreira e dá dicas para quem quer empreender este caminho. Aqui você lê a matéria completa e assiste o vídeo!

http://community.motorola.com/pt-br/blog/caca-de-novidades

caça de novidades